5 passos para fazer reforma de cozinha antiga

Compartilhe

Reformar uma cozinha antiga pode ser um desafio, especialmente quando surgem dúvidas sobre por onde começar e quais passos seguir. Afinal, a cozinha é o coração da casa, onde familiares e amigos se reúnem para preparar refeições e criar memórias.

Transformar sua cozinha antiga em um ambiente funcional e acolhedor pode parecer complicado, mas com um plano bem elaborado, é possível alcançar resultados incríveis em apenas cinco passos.

Neste artigo, vamos guiá-lo através desse processo, oferecendo dicas e orientações para que você possa realizar sua reforma sem estresse, garantindo um espaço renovado e cheio de personalidade.

Planeje a reforma da cozinha

Ao reformar uma cozinha antiga, considere toda a infraestrutura, incluindo sistemas hidráulico, elétrico e estrutural. Eles operam há anos e estão integrados de forma invisível. Decida se os pontos hidráulicos e elétricos serão mantidos e se alguma parede será removida. Contrate um profissional qualificado para reorganizar e avaliar esses elementos, prevenindo complicações futuras.

Defina o nível de intervenção desejado: substituir revestimentos, móveis e iluminação, ou reutilizá-los com soluções práticas. Estabelecer esses aspectos no início ajuda a direcionar a transformação da cozinha.

Defina o orçamento e deixe uma margem para imprevistos

Para evitar problemas na reforma da cozinha antiga, estabeleça orçamentos claros. Determine quanto investir em cada etapa. Use uma planilha para detalhar gastos com acabamentos, mão de obra e decoração. Reserve uma margem adicional para imprevistos comuns em cozinhas antigas.

Um planejamento minucioso é essencial. Ele define metas para cada etapa e previne frustrações por falta de recursos para materiais ou produtos desejados.

reforma-de-cozinha-antiga-planilha-de-orcamento-em-computador

Escolha os acabamentos com base no seu orçamento e estilo

Ao reformar uma cozinha antiga, escolha entre substituir ou reutilizar os revestimentos.

Para economizar, avalie a qualidade dos revestimentos atuais, verificando rachaduras e peças faltantes. Com base no orçamento estabelecido, decida entre a troca total ou a reutilização dos acabamentos.

reforma-de-cozinha-antiga-antes-e-depois

Reforma de cozinha antiga: antes e depois

No caso da substituição, existem diversas opções disponíveis, como cerâmica, porcelanato e pastilhas, sendo importante considerar o estilo desejado para a cozinha ao escolher cores e estampas.

Para uma reforma sem grandes intervenções, há alternativas como pastilhas autocolantes, revestimentos vinílicos, texturas, papel de parede e tinta epóxi, todas com bom custo-benefício e adequadas para áreas molhadas, proporcionando uma aparência mais moderna à cozinha antiga.

reforma-cozinha-antiga-antes-e-depois-2

Reforma de cozinha antiga: antes e depois

Móveis e eletrodomésticos para cozinha

A decisão de manter algum móvel ou eletrodoméstico na cozinha é fundamental, para se prevenir de adquirir itens que não se adequem ao ambiente ou não sejam necessários naquele momento. Se precisa economizar, considere reformar os móveis existentes com nova fórmica ou pintura.

Para uma renovação completa, considere móveis planejados ou prontos de loja, sempre buscando otimizar o espaço e manter a harmonia estética da cozinha.

reforma-de-cozinha-antiga-armario-reaproveitado-com-nova-pintura

Reforma de cozinha antiga: antes e depois

Execução e finalização da reforma de cozinha antiga

Após planejar cada detalhe meticulosamente, esteja pronto para iniciar a reforma da sua cozinha antiga, considerando orçamento, estilo e móveis. Para garantir controle e organização, é essencial seguir uma estrutura bem definida. Um fluxo sugerido compreende: projeto, demolições, novas construções e instalações, acabamentos, móveis e eletrodomésticos.

Leia também: Bancadas de cozinhas: dicas para escolher a melhor opção

Conclusão

Reformar uma cozinha antiga exige planejamento cuidadoso e atenção à infraestrutura, incluindo sistemas hidráulico, elétrico e estrutural. Definir orçamentos claros e utilizar uma planilha para detalhar gastos é essencial, sempre reservando uma margem para imprevistos.

Na escolha dos acabamentos, considere substituir ou reutilizar revestimentos existentes, se a intenção é economizar. Para uma renovação completa, móveis planejados ou prontos de loja são ótimas opções para otimizar o espaço e manter a harmonia estética.

Se precisar de ajuda, conte com o Arquiteto de Bolso! Estamos à disposição para auxiliar nesse processo, elaborando propostas de reforma personalizadas e adaptadas às suas necessidades e orçamento. Transformamos sua casa em um ambiente renovado, funcional e acolhedor, ideal para receber amigos e familiares.

Índice

Pronto para transformar o seu ambiente agora?

Do tamanho do seu orçamento. Gigante nas soluções.

Você também pode se interessar por

Assine e transforme seu espaço!

Deixe seu e-mail e receba dicas exclusivas de especialistas e as últimas novidades do Arquiteto de Bolso direto na sua caixa de entrada.