Painel para TV: os principais modelos e como escolher

Compartilhe

Se existe um móvel que está presente em muitas residências brasileiras, é o painel para TV. Multifuncional, a peça consegue garantir um excelente suporte para as televisões de tela plana, além de valorizar a decoração do ambiente e, em alguns casos, ajudar na organização.

E quer saber mais? Essa estrutura pode ser instalada em vários cômodos — e não apenas na sala de estar. Dormitórios, escritórios e até a varanda gourmet recebem bem o acessório. Assim, cabe aos moradores escolherem os melhores modelos de painel para TV, além de observarem alguns detalhes para que o item possa ser instalado com eficiência e segurança.

E para te ajudar nessa decisão, viemos até aqui dividir com você tudo sobre o tema. Confira algumas dicas exclusivas e aprenda como aproveitar as vantagens dessa mobília única e extremamente útil!

[the_ad_group id=”72″]

Os principais modelos de painel para TV

Ao sair em busca de um belo painel para TV, é provável que você encontre uma ampla variedade de modelos. São peças versáteis, que variam de formato, cor e material. Por isso, é necessário analisar com atenção as peculiaridades de cada item, para então, investir naquele que conversa bem com o restante da decoração.

Já adiantamos: em ambientes compactos, como o quarto de hóspedes, o ideal é recorrer ao painel suspenso — que é ótimo para não ocupar muito espaço ou atrapalhar a circulação de pessoas. Em cômodos grandes, por sua vez, o painel com rack é ideal, especialmente, porque você conseguirá organizar vários produtos em sua área interna, como jogos, DVDs e até porta-retratos.

Quer se aprofundar nas versões mais utilizadas do momento? Te contamos abaixo os detalhes sobre cada uma delas!

Painel para TV suspenso

Temos aqui o modelo mais compacto e popular. O painel para TV suspenso, como falamos, é ideal para cômodos de metragens reduzidas. Entre eles, estão os dormitórios e até as salas de estar de apartamentos.

No mercado, existem as mais diferentes versões desse tipo de painel. Algumas, até contam com nichos e gavetas para que você tenha mais facilidade na hora de organizar o local.

Por essas e outras, é comum levar esse tipo de peça para quartos de adolescentes, onde os jovens utilizam videogames e precisam de compartimentos para manter o equipamento eletrônico seguro e com os fios camuflados.

Painel para TV

Foto: wayfair.com

Painel para TV com rack

Há também o painel para TV composto por rack. Favorito na decoração de salas de estar e de televisão, esse móvel, como o próprio nome já diz, é fabricado com um rack em uma parte inferior.

Assim, os moradores têm mais facilidade para guardar diversos itens, deixando o cômodo clean e arrumado. Fora o rack, algumas peças que se encaixam nessa proposta apresentam outros detalhes. Esse é o caso das prateleiras suspensas, onde é possível guardar livros, vasos de plantas e esculturas.

A vantagem da opção? Nas lojas especializadas, há painéis para TV completos. Ou então, você pode comprar o painel e o rack separadamente, mas em medidas parecidas, e coordená-los por conta própria no ambiente.

Painel para TV

Foto: behance.net

As vantagens de investir em um painel para TV

  • Opção ideal para instalar um televisor na parede, principalmente, porque o modelo ajuda a esconder toda a fiação;

  • Os painéis podem ser instalados na altura que você desejar;

  • Tais itens ocupam pouquíssimo espaço e, de quebra, apresentam uma boa profundidade.

Painel para TV

Foto: noivadeevase.com

Escolhendo o melhor painel para TV: 3 dicas práticas

Sabendo de todas as vantagens do painel para TV e como esse item pode valorizar o seu ambiente, que tal conferir alguns truques de ouro para acertar em cheio na hora de escolher o modelo ideal? A seguir, te contamos qual é o passo a passo.

1. Analise o material

Muito além da estética, é necessário verificar quais os materiais de painel para TV apresentam alta qualidade, boa resistência e longa durabilidade. Hoje em dia, existem versões de todos os tipos, como as em madeira e, até aquelas feitas com revestimentos. Veja!

  • Madeira: são móveis feitos em pinho, carvalho, mogno ou cedro. Resistentes, eles duram por anos e anos, desde que o morador preze pela sua manutenção. Durante a escolha, não deixe de analisar se a matéria-prima utilizada na fabricação é certificada;

  • MDF: consistem em placas reconstituídas de madeira, sendo alternativas mais acessíveis que as madeiras tradicionais e “de lei”. Em geral, esses painéis também duram muito tempo e são extremamente versáteis, sendo encontrados em cores e designs variados;

  • Revestimento: certos painéis são feitos com o uso de revestimentos, como aqueles que aplicamos nas paredes. Cerâmicas, pedras naturais, azulejos e até tijolos entram nessa lista.

Painel para TV

Foto: vivadecora.com.br

2. Não ignore o peso do televisor

Para funcionar bem, o painel deve ser projetado em um tamanho e estrutura ideais para comportar o peso do televisor. A recomendação é que o móvel seja, no mínimo, 20 centímetros maior do que a TV — caso contrário, é possível que o aparelho eletrônico cubra completamente a mobília, comprometendo o visual do ambiente.

Lembre-se ainda de observar o peso do equipamento e só adquirir um móvel capaz de suportá-lo muito bem. Para ter uma garantia maior, ao adquirir o seu painel para TV, procure conversar com o vendedor a fim de assegurar que o modelo escolhido conseguirá suportar a carga necessária.

3. Observe o estilo do cômodo

Além de observar os fatores mencionados, é necessário considerar a estética do seu painel para TV. Até porque, essa peça também consegue adicionar mais estilo para o cômodo, permitindo a criação de um décor sofisticado e harmonioso.

Dito isto, verifique se a versão eleita conversa bem com o restante da combinação — desde os outros móveis até os revestimentos. As nossas sugestões são:

  • Painel rústico: estruturas feitas a partir de madeira de demolição ou pedras com recorte irregular. Ajudam a criar uma sensação de conforto e autenticidade para o espaço;

  • Painel industrial: proposta que carrega elementos metálicos e uma paleta de cores neutra, formada por tons de cinza, preto e branco. Pode surgir em MDF, placa de aço ou até com acabamento em tijolos;

  • Painel contemporâneo: sem muitos detalhes e com foco na discrição. Basicamente, esses modelos são produzidos em madeira de tons claros, ou então, em MDF colorido, contrastando com paredes claras e neutras.

Painel para TV

Foto: todeschini.com.br

Viu só? Escolher um painel para TV pode ser bem mais simples do que parece. Assim que definir o modelo ideal, você conseguirá valorizar o seu décor e deixá-lo de acordo com a sua rotina e personalidade.

E caso tenha curtido o post, e queira continuar se aprofundando no tema, o que acha de conferir outra leitura exclusiva? Veja também o nosso artigo com dicas para encontrar a poltrona para sala perfeita!

[the_ad_group id=”69″]

Índice

Pronto para transformar o seu ambiente agora?

Do tamanho do seu orçamento. Gigante nas soluções.

Você também pode se interessar por

Assine e transforme seu espaço!

Deixe seu e-mail e receba dicas exclusivas de especialistas e as últimas novidades do Arquiteto de Bolso direto na sua caixa de entrada.