Vinílico na cozinha: tudo o que você precisa saber

Compartilhe

Vai construir ou reformar a casa? Que tal saber mais sobre o piso vinílico na cozinha? Cozinhas grandes ou pequenas são o coração da casa. É nesse espaço que a família e os amigos se reúnem para um almoço no fim de semana ou para celebrar alguma data para lá de especial. Isso significa que esse cantinho da casa deve ser prático e fácil de limpar, certo? Claro, esse ambiente também deve ser lindo e cheio de personalidade!

Utilizar o piso vinílico na cozinha, além de tornar esse recanto da casa moderno e cheio de vida, deixa o ambiente muito mais acolhedor. O revestimento é “amigo do meio ambiente”, pois é fabricado com material biodegradável, é leve e fácil de instalar. Além disso, não empena, não dilata e é bastante eficiente do ponto de vista acústico, evitando que o ruído do espaço incomode os vizinhos.

[the_ad_group id=”72″]

 

Quer reformar a sua cozinha sem gastar demais? Então conheça melhor as vantagens e as desvantagens do piso vinílico!

piso vinílico

Foto: Arkpad.com.br

O que é o piso vinílico?

Também conhecido como piso de PVC, o assoalho vinílico é composto por policloreto de vinila  (PVC) — o mesmo material usado em cercas de plástico — minerais e alguns aditivos. É leve e tem a mesma densidade do pinho-branco, uma madeira macia. Alguns pisos de PVC são “tampados”, o que significa que uma casca protetora é adicionada à superfície, que fica com uma aparência semelhante à madeira.

Pode ser homogêneo e heterogênico. O primeiro, como o nome indica, é fabricado com uma massa uniforme de PVC, plásticos e minerais. É um assoalho bastante resistente e durável — mesmo após muitos anos de uso, a sua cor e aparência permanecem praticamente inalteradas.

Já o piso heterogêneo é composto por quatro camadas: lâmina compacta, recheio de fibra de vidro, textura impressa e uma camada superficial conhecida como desgaste. Embora dê para notar a diferença de cores entre uma camada e outra, esse assoalho apresenta impressões em diferentes padrões, o que torna a cozinha única e cheia de personalidade.

piso vinílico

Foto: vivadecora.com

Quais os benefícios do piso de PVC?

Instalar o piso vinílico na cozinha oferece muitos benefícios. Em primeiro lugar, não é preciso quebrar o piso existente para instalar o novo acabamento, o que torna a reforma mais rápida e limpa, já que não produz entulho e nem lixo.

O material tem um ótimo custo benefício, quando comparado aos pisos cerâmicos e de madeira. Além disso, a instalação despensa mão de obra especializada, tomando alguns cuidados, você mesmo pode aplicar o piso no chão da cozinha.

O piso é bastante durável e resistente, algumas marcas têm garantia de até 20 anos. Vale lembrar ainda que alguns produtos têm proteção antimicrobiana, o que evita que vírus, fungos e bactérias se proliferem no material.

piso vinílico

Foto: design-milk.com

Quais são os tipos de piso vinílico na cozinha?

Pisos de PVC, homogêneos ou heterogêneos, podem ser encontrados na forma de réguas, mantas ou placas. O mais barato é o assoalho na forma de manta — além de mais simples, esse assoalho pode ser instalado sobre o revestimento atual do cômodo, eliminando entulhos e diminuindo o tempo da reforma. Deve ser instalado sobre o contra-piso com uma cola específica.

É leve e macio, o que o torna pouco resistente a cortes e furos causados por objetos cortantes. Além disso, o material pode exibir algumas marcas causadas por móveis ou outros objetos pesados.

Já o piso vinílico para cozinha em placas apresenta acabamento liso e uniforme. É um material bastante acessível e de fácil manutenção. Caso não tenha sido bem instalado pode quebrar se sofrer algum impacto.

Por fim, temos o piso vinílico em réguas, nesse caso o revestimento pode ser colado ou encaixado. Ambos têm textura macia e são muito duráveis e resistentes. Ele apresenta um excelente acabamento.

piso vinílico

Foto: leroymerlin.es

O sistema de encaixe é conhecido como “click”, o que deixa o acabamento bastante elegante, parecido com pisos de materiais mais nobres como a madeira. A instalação é rápida e barata. É mais caro que as outras versões, no entanto, pode ser reutilizado, basta retirá-lo de um local e reinstalá-lo onde você desejar.

Vale a pena usar o piso vinílico na cozinha?

A resposta é simples: sim! Claro, o piso vinílico exige cuidados — na hora de limpar, por exemplo, o revestimento não pode ficar submerso em água, após remover a sujeira seque toda a superfície com um pano macio e seco.

Como o piso vinílico na cozinha não tem rejunte e a superfície é totalmente lisa e uniforme, a limpeza é bem mais fácil e rápida que nos pisos tradicionais.

E, para manter o piso como novo alguns cuidados são necessários: escolha modelos mais robustos, desenvolvidos para áreas de alto tráfego de pessoas.

Outra boa ideia é colocar tapetes antiderrapantes na frente da pia e do fogão — isso evitará que a água danifique o piso e que objetos cortantes marquem o material. Você também pode instalar pisos frios na frente da pia e instalar o piso de PVC no restante da cozinha.

Na hora da limpeza não utilize produtos derivados do petróleo, prefira os naturais. Caso queira encerar o piso, aplique quatro camadas de cera acrílica -— aguarde 30 minutos entre uma demão e outra. Ao finalizar o processo, aguarde 2 horas antes de utilizar a cozinha.

Nesse espaço da casa, o melhor tipo de piso de PVC é o instalado com cola, o que evita que a água penetre no material e evita que o assoalho se solte. No entanto, nada impede que você utilize o piso em réguas, mas nesse caso é preciso redobrar a atenção na hora da limpeza.

Veja outras dicas sobre o uso do piso vinílico na cozinha aqui:

YouTube video

Você gostou dessas informações sobre o piso vinílico na cozinha? Então, aproveite a visita para assinar a nossa newsletter e receba mais conteúdos como esse diretamente em seu e-mail!

[adsforwp-group id=”69″]

Índice

Pronto para transformar o seu ambiente agora?

Do tamanho do seu orçamento. Gigante nas soluções.

Você também pode se interessar por

Assine e transforme seu espaço!

Deixe seu e-mail e receba dicas exclusivas de especialistas e as últimas novidades do Arquiteto de Bolso direto na sua caixa de entrada.