Iluminação funcional para cada ambiente: qual a importância?

Compartilhe

No universo da decoração, temos o costume de dizer que a luz é poderosa. Assim como as cores, ela consegue criar diferentes sensações em um espaço, além de valorizar detalhes e deixar um cômodo preparado para as nossas atividades diárias. Por essa razão, é muito importante definir uma iluminação funcional para cada ambiente ao elaborar a ambientação do seu apê — seja ele compacto, médio ou de grandes dimensões.

A princípio, pode até parecer um detalhe  superficial, mas não se engane, cada cômodo de um imóvel necessita de um projeto luminotécnico diferente. Afinal, estamos falando de espaços distintos, nos quais realizamos diversas atividades.

Assim, todo cuidado é pouco, especialmente, se você deseja fazer com que os ambientes tenham as suas qualidades favorecidas, sejam bem iluminados e capazes de transmitir uma sensação de acolhimento para moradores e convidados.

Não sabe por onde começar? Sem problemas! Para te dar uma força nessa missão, vamos compartilhar neste post a importância da iluminação funcional e como aplicá-la em todos os cantinhos de um lar. Segue o fio!

[the_ad_group id=”72″]

A importância da iluminação funcional em um apê

Investir em um projeto luminotécnico é tão essencial quanto qualquer outro detalhe de uma decoração, como a mobília, os revestimentos e até o uso das cores. A razão disso? Uma vez bem planejada, a luz consegue fazer muita diferença em um ambiente, criando efeitos especiais e personalizados de acordo com a necessidade do espaço.

Acredite: esse detalhe vale para todos os cômodos de um lar. Ao investir nessa ideia, será possível não somente valorizar o local, como também, aproveitá-lo ao máximo.

E diferentemente do que se imagina, investir em uma iluminação funcional não é apenas escolher boas luminárias ou lâmpadas — mas sim, utilizá-las para destacar o que você deseja e adaptar a luz de acordo com a sua rotina. Isso tudo visando tirar o melhor proveito delas e melhorar a sua qualidade de vida!

Imagine, por exemplo, como pode ser incômodo preparar refeições em uma cozinha escura? Ou então, trabalhar em um escritório mal iluminado e incapaz de estimular a sua produtividade?

Pois é exatamente nessas situações que o projeto luminotécnico entra em ação. Fora isso, esse cuidado ainda vai te ajudar a embelezar os detalhes do décor, promovendo mais estilo e conforto visual.

Iluminação funcional para cada ambiente

Os benefícios

Como deve ter ficado claro até agora, não faltam razões para investir em uma iluminação funcional. E se você ainda não se convenceu, dê boa uma olhada nos pontos positivos abaixo:

  • a iluminação funcional ajuda a valorizar cada cantinho de um imóvel;
  • você conseguirá criar efeitos diversos, de acordo com as suas necessidades;
  • promove mais qualidade de vida e bem-estar aos moradores;
  • será possível dar mais destaque a móveis específicos, objetos de arte, itens de decoração etc;
  • as suas atividades diárias ficarão mais fáceis, principalmente, aquelas que exigem uma atenção maior.

Formas de conquistar a iluminação perfeita

Afinal, quais são os segredos para criar uma iluminação funcional? Em cada ambiente, esse efeito pode ser obtido tanto por meio de luzes artificiais, quanto pela natural.

Aliás, ao criar um projeto luminotécnico é fundamental priorizar a iluminação natural, porque só ela consegue manter os cômodos mais agradáveis, estimula a economia de energia e promove mais saúde.

Vale lembrar que os raios solares auxiliam — e muito! — na fabricação de vitamina D, melhorando a absorção de cálcio. Também está provado que tal energia influencia de forma positiva na produtividade e bem-estar dos moradores.

Por sua vez, a iluminação artificial pode ser encontrada em diferentes tecnologias e tipos de aplicações. O segredo é fazer com que ambas se complementem e, juntas, forneçam efeitos incríveis.

Iluminação funcional para cada ambiente

Como criar uma iluminação funcional para cada ambiente

Conhecendo toda a importância e as vantagens da iluminação funcional para cada ambiente, chega o momento de descobrir como colocar a ideia em prática.

Daqui para frente, será necessário se preocupar com outros fatores diretamente relacionados à luz, sendo eles o tamanho do cômodo, o gerenciamento das tonalidades, a iluminação direcional e, claro, a funcionalidade. Abaixo, explicamos o passo a passo para não fazer feio. Anote já!

Sala de estar

A sala de estar é um cômodo próprio para o descanso e o lazer. Por essas e outras, indicamos que você aposte em uma combinação de luminárias com variadas intensidades de brilho. Esse é um truque simples, mas muito eficiente, para adicionar uma ótima sensação de calor e acolhimento.

Certifique-se de adicionar pontos de iluminação direta aos locais em que se costuma ler ou estudar. Tal efeito pode ser alcançado com o auxílio de uma arandela ou abajur de chão.

E mais: se preferir, também existe a possibilidade de utilizar um painel luminoso no local. Hoje em dia, existem empresas que realizam a personalização desse tipo de estrutura, adicionando texturas, cores quentes, imagens e padrões geométricos diversos.

iluminação funcional sala de estar

Sala de jantar

Aqui, a dica é investir em uma iluminação leve e discreta, mas com um toque cintilante. Evite fazer com que o espaço fique muito claro ou escuro — caso contrário, os convidados não se sentirão acolhidos ou terão dificuldade para enxergar o que estão comendo.

Nesse sentido, uma boa saída é recorrer às luzes com os chamados interruptores dimmers, que ajudam a ajustar a intensidade da iluminação de acordo com o momento. Aqui, a luz difusa, obtida com um belo lustre, também funciona perfeitamente e pode ser usada com arandelas para obter uma atmosfera especial.

Dormitório

A iluminação do dormitório deve ser funcional e agradável — pronta para promover momentos de relaxamento e bem-estar. Para isso, é melhor recorrer às lâmpadas de tonalidade amarelada, que são ideais para transmitir conforto.

Um ponto importante é que a iluminação deve ser sempre proporcional ao cômodo. Se o quarto for pequeno, invista em uma luminária central e com luz difusa, fugindo dos pendentes ou abajures rebuscados e grandes demais. Caso tenha uma mesinha lateral ou escrivaninha, é possível adicionar uma luminária articulada sobre o móvel para facilitar as suas atividades. Capriche!

Iluminação funcional para quartos de casal

Cozinha

Para preparar as nossas refeições de todos os dias, é essencial fazer com que esse espaço seja muito bem iluminado, com pontos certeiros de luz fria. Por exemplo: inclua luminárias capazes de iluminar o fogão, a pia e as bancadas.

Nessas áreas, é interessante que a lâmpada tenha uma intensidade mais forte e clara, preferencialmente, na cor branca. Nos locais de alimentação e circulação, porém, a melhor solução é usar luzes de menor intensidade para que o espaço fique aconchegante.

iluminação funcional cozinha

Banheiro

Para esse cômodo, a recomendação é fazer com que a iluminação fique sem sombras e tenha uma alta qualidade ao redor do espelho. Com isso, ficará mais fácil aplicar a maquiagem ou se barbear durante a semana.

Já as luzes difusas são excelentes para preencher os pontos de sombra e fazer com que todo o local fique bem iluminado. A luz difusa é aquela que possui um difusor — como acrílico ou vidro — a fim de torná-la mais suave.

Iluminação funcional para banheiro

Dica do Arquiteto

É sempre bom lembrar: os melhores efeitos em um projeto luminotécnico são obtidos com a ajuda de um profissional especialista no assunto. Ao contratar seus serviços, será possível criar uma ambientação personalizada para cada cômodo, conforme as preferências dos moradores, seus estilos e rotinas. Pense nisso!

E aí, conseguiu entender a importância de aplicar uma iluminação funcional para cada ambiente? Acredita que, com as nossas aricas, ficará mais fácil abraçar a ideia e explorar o que há de melhor em seu apê?

Então, aproveite o momento para conferir o Arquiteto de Bolso. Vejacomo podemos ajudar você no seu projeto de iluminação.

[the_ad_group id=”69″]

Índice

Pronto para transformar o seu ambiente agora?

Do tamanho do seu orçamento. Gigante nas soluções.

Você também pode se interessar por

Assine e transforme seu espaço!

Deixe seu e-mail e receba dicas exclusivas de especialistas e as últimas novidades do Arquiteto de Bolso direto na sua caixa de entrada.